SISTEMA DE PROTEAÇÃO A AMEÇAS

Paralelamente ao empenho das organizações para terem sucesso em um mundo cada vez mais digitalizado, os criminosos buscam explorar e atacar o tráfego de dados. A vulnerabilidade pode estar em qualquer parte da organização! Para evitar vazamentos, os analistas de segurança ficam sobrecarregados com os inúmeros alertas apresentados por diversas ferramentas que trabalham de forma segmentada rastreando ocorrências. 
 
Os ciberataques causam significativos prejuízos financeiros, operacionais e de reputação para organizações governamentais e privadas. Eles exploram brechas nas abordagens tradicionais de segurança, tais como a falta de inteligência compartilhada entre as ferramentas que trabalham de forma segmentada, a geração de alertas excessivos e automação insuficiente. 
 
Felizmente, da mesma forma que as ameaças evoluem, as soluções tecnológicas desenvolvidas pelo mercado para detectar e vencer as ameaças também são aprimoradas. Uma metodologia de ciberdefesa robusta permite que os analistas coletem informações precisas e tenham uma compreensão holística do que está acontecendo. Nesse sentido, aplica-se um Ambiente de Investigação com quatro pilares:
•Detecção: sensores de detecção especializados coletam continuamente inteligência ao longo da cadeia de ataque e em toda a rede da organização, endpoints e payloads, para detectar ameaças complexas em tempo real, reduzindo falsos positivos. 
•Investigação - Acelera o caminho entre a detecção e a resposta com um processo automatizado e contínuo de investigação, transformando milhares de pistas e evidências forenses em alguns incidentes reais e priorizados, fornecendo mapas e grafos do ataque para rápida tomada de ação.
•Análise Forense – Ferramentas integradas de análise forense de rede e endpoints coletam e   analisam proativamente dados do ataque, simplificando a coleta de evidências para confirmar ou refutar ameaças à medida em que aconteçam. 
•Resposta –O plano de remediação recomendado, totalmente guiado por inteligência, entra em ação para orquestrar uma resposta ao ataque (integrado com os seus sistemas de atuais de defesa).
 

Dessa forma, é possível realizar uma detecção precisa e ter uma imagem clara do ataque em tempo real que permitem uma resposta na mesma velocidade e intensidade. Mitigando as vulnerabilidades e riscos das aplicações.

Custom Topo